Português Inglês
+ -

HDI Seguros

Olá, sou a Sofia, atendente virtual da HDI. Por favor me conte no que posso te ajudar.

Novidades

“Primeiro Serviço” apoia jovens durante a pandemia

Projeto apoiado pela HDI, estimula a mobilidade social por meio do esporte e educação

27/05/2021

A pandemia de coronavírus tem reforçado a necessidade de ações que busquem a mobilidade social da população carente. Dentre os projetos e ONGs que se destacam nesse sentido, o Instituto Primeiro Serviço – iniciativa socioeducativa apoiada pela HDI Seguros – buscou se inovar e trazer soluções para que os jovens pudessem continuar a se desenvolver com segurança.

Durante a pandemia, grande parte dos jovens ficaram desempregados, o que colocou em risco a presença deles no projeto e o seu desenvolvimento profissional e pessoal. A fim de que isso não acontecesse, o Primeiro Serviço, além de dar bolsas de estudo para garantir a educação dos seus alunos, também realizou o acompanhamento dos jovens, oferecendo apoio pedagógico, apoio psicológico e materiais, e fazendo a doação de cestas básicas àqueles que necessitavam. Já as aulas de tênis, que estavam suspensas por conta do isolamento social, ganharam um novo formato, passando a ser realizadas por meio do Zoom durante o lockdown, com foco na preparação física dos alunos.

“Manter esse trabalho voltado para o crescimento profissional e pessoal dos nossos alunos foi desafiador pois nos deparamos com uma situação inédita que acrescentou à realidade desses jovens muito mais dificuldade”, diz Fabiana Freitas, presidente do Instituto Primeiro Serviço.

“A mobilidade social proporcionada pelo Primeiro Serviço, através do esporte e da educação, faz desse projeto único e transformador na vida de crianças e adolescentes. Como empresa que tem entre os seus pilares ser Humana, a HDI se identifica 100% com a missão da instituição”, comenta Murilo Riedel, presidente da HDI Seguros.

Lançado no início de 2020, o Primeiro Serviço tem o propósito de promover a inclusão de crianças e adolescentes das comunidades de Paraisópolis e Colombo, e da região de Carapicuíba por meio do tênis. Hoje, atende 45 jovens, entre 14 e 24 anos, todos em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, 17 deles estão na faculdade, graças à bolsa integral paga pelo Instituto com verba de apoio da HDI. Os treinos de tênis acontecem – quando liberados pelas autoridades – nos dois endereços da instituição: no bairro do Brooklin e em Alphaville Tamboré, que foi recentemente inaugurado, com o apoio do treinador Carlos Omaki.

Dúvidas?